Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades

on
Parafraseando Luís Vaz de Camões.

Acabei de ler um blog dizendo que não se deve colocar conteúdo que não seja de sua autoria em um blog, mas acho que Camões está acima de qualquer regra da Web.

Nas últimas semanas estive enterrada nas profundezas da rede que está mudando conceitos, valores, relacionamentos. E que maravilha! É tanta coisa que dá pra ficar tonta, tanta informação que parece que nada que se aprende é suficiente. Mas devemos nos acostumar. Esta é mesmo a realidade, está nas mesas dos escritórios, nas mesas dos restaurantes, nas praças, nos parques, nas escolas. Não tem como fugir. Então fui atrás de blogs, sites, tweets, etc, etc, etc, para aprender sobre todas as novidades.

E porque isso? Porque senti a necessidade de MUDAR. E quantas oportunidades de mudança você encontra neste mundo infinito: a Internet! Após muita pesquisa, leitura, horas no facebook, twitter, blogger, google, decidi que vou virar blogueira. Bem-Vindos ao meu novo Blog: Quitanda Gourmet.

E voltando à Camões, e em respeito aos meus queridos clientes da Quitanda Gourmet, senti que as coisas não estavam andando da maneira que eu havia planejado. Não sei se fui eu ou os tempos que mudaram Camões, mas a Quitanda Gourmet em sua forma original não cabia mais na minha vida.

Por isso, estamos MUDANDO. A Quitanda Gourmet passa a ser o meu Blog de Gastronomia, um local onde vocês vão encontrar: receitas, dicas de culinária, dicas de lugares para comprar/comer, idéias, sugestões de cardápio. Espero que todos se deliciem!

E como Camões tinha razão:

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança:
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança:
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem (se algum houve) as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto,
Que não se muda já como soía.

Luís Vaz de Camões, in “Sonetos”

3 Comments Add yours

  1. JeJe says:

    Vamos que Vamos, Ju!Vou acompanhar daqui de Miami.Venhar cozinhar por aqui qualquer dia desses.Beijos,Je

  2. Serenella says:

    y yo te voy a seguir y acompañar desde Caracas. Mucha suerte !

  3. andrea says:

    Adorei o Blog, Juliana!Parabéns!Para mim, vai ser super útil (e divertido)!Beijos,Andrea

O que você achou?